Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Linkedin UniGuairacá
Faculdade Guairacá
Atuação do profissional de educação física nas atividades ao ar livre e na natureza, por Marcos Martins
Atuação do profissional de educação física nas atividades ao ar livre e na natureza, por Marcos Martins

A Corrida de Aventura é uma competição multiesportiva, envolvendo o espírito aventureiro, em que participam equipes compostas por duplas, três, quatro e até cinco membros, formadas por atletas de ambos os sexos com o intuito de percorrer longas distâncias em diferentes modalidades esportivas, tais como mountain bike, trekking, canoagem, entre outros, no menor tempo possível, exigindo o máximo de sua resistência física e mental, além do conhecimento de técnicas verticais e de orientação cartográfica.

O tempo de uma corrida de aventura pode variar entre 6 a 12 horas ou até 10 dias, sendo uma prova de curta, média ou longa duração, de acordo com a distância determinada ou da etapa da competição, podendo chegar a mais de 450 km.

Torna-se necessário que o competidor se habitue a hidratar-se e alimentar-se durante a prova de CA, esta modalidade é autossuficiente, ou seja, os atletas devem levar seus alimentos e água que irão consumir durante a prova. O planejamento sobre sua alimentação e hidratação é fundamental, pois o atleta tem que prever o suficiente para não ou ter que carregar peso extra nas longas distâncias percorridas.

Sou atleta de corrida de aventura há quase 10 anos, tenho experiência na modalidade realizando provas de curta e longa duração. Participei de provas a nível estadual e nacional. Pretendo continuar a praticar a modalidade e me programo para no futuro próximo participar de uma etapa internacional.

As atividades ao ar livre, como esta modalidade esportiva, assim como as atividades de lazer como caminhadas, corridas em trilhas, rapel e mountain bike, vêm crescendo em nossa sociedade. As pessoas estão tendo mais acesso e se interessando cada vez mais por estas atividades ao ar livre e na natureza. Acredito que isso pode gerar um campo de atuação laboral para o profissional de educação física, pois este profissional pode atuar de diferentes maneiras com os esportes na natureza.

Atualmente, o profissional de educação física pode atuar na promoção, planejamento e organização das atividades realizadas, bem como, pode também atuar no planejamento e/ou acompanhamento dos treinamentos destes atletas amadores, “atletas de fim de semana”, e atletas profissionais que se propõem a realizar tais atividades.

Assim, percebemos que o campo de atuação do profissional de educação física está em constante transformação, no qual pode constantemente estar proporcionando novas atividades de atuação profissional, o qual novas demandas são geradas constantemente. 


Marcos Vinícius Soares Martins
Graduado em Educação Física pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Especialista em Educação Física Escolar pela Faculdade Iguaçu
Especialista em Treinamento Desportivo pela Universidade Gama Filho
Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR
 
CFW Agência Digital