Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Faculdade Guairacá
Alunos do Mestrado Profissional da Guairacá apresentam propostas para saúde no trânsito
Alunos do Mestrado Profissional da Guairacá apresentam propostas para saúde no trânsito
Imprimir
12/12/2019

Estudantes do Mestrado Profissional em Promoção da Saúde da Faculdade Guairacá estiveram nesta quinta-feira, 12, na última reunião de trabalhos do ano do Conselho Municipal de Trânsito (COMUTRA). Na ocasião, eles apresentaram propostas para saúde no trânsito.

Essa foi uma pesquisa realizada durante o módulo de ‘Promoção, prevenção e intervenção em saúde: atuação em equipes interdisciplinares’, ministrada pelo Prof. Dr. Luiz Alfredo Braun Ferreira e Prof. Dra. Marcela Birolim.

O estudante Orlando Belin Junior explicou que o alto índice de acidentes foi o que motivou a investigação do grupo. “Por meio dessa pesquisa pudemos constatar um alto número de acidentes no trânsito, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Nossa proposta foi trazer esses números como alerta, expondo o problema, com sugestões que podem ser implantadas de maneira rápida e barata na cidade para diminuir esses índices de vítimas fatais e não fatais”. Para a estudante Rosely Riki Matsubara, as pesquisas na área podem contribuir, e muito, com o trabalho já realizado. “Outra questão averiguada é que os acidentes acometem jovens de 18 a 29 anos em sua maioria, especialmente do sexo masculino. Esses acidentes podem ocasionar várias sequelas, financeiras e emocionais, para o indivíduo e para sua família. A ideia hoje não foi de apontar erros, mas de sugerir algo factível para ser implementado”.

Para a estudante Luciane Kellen Puerari Pauli, é importante trabalhar na conscientização de toda a sociedade. “Normalmente culpamos apenas o motorista, então a ideia do nosso trabalho foi ampliar a visão para mostrar quais os outros fatores que podem ser modificados e que previnem os acidentes. Encontramos modelos positivos em outros países, que inclusive é aplicável na nossa realidade em Guarapuava. O foco é na educação, no preparo dos futuros motoristas”.

A pesquisa apresentada no COMUTRA, que traz propostas para saúde no trânsito, foi desenvolvida pelos estudantes: Daíza Martins Lopes Gonçalves, Luciane Kellen Puerari Pauli, Mayara Karine Maoski, Orlando Belin Junior, Rosely Riki Matsubara, Rozilda Penteado.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Cadastrar  
Notificar
Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR