Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Linkedin UniGuairacá
Faculdade Guairacá
Nanotecnologia farmacêutica: a evolução na maneira de prevenir e tratar doenças, por Daniel Brustolin
Nanotecnologia farmacêutica: a evolução na maneira de prevenir e tratar doenças, por Daniel Brustolin

Daniel Brustolin Ludwig
Graduado em Farmácia pela Universidade Tuiuti do Paraná
Especialista em Homeopatia pelo Instituto Tecnológico Farmacêutico do Paraná
Especialista em Tecnologia Farmacêutica e Cosmecêutica pelo Instituto Tecnológico Farmacêutico do Paraná
Especialista em Farmacologia Aplicada à Atenção Farmacêutica pelo Equilibra Instituto de Capacitação e Especialização
Especialista em Farmácia Magistral pelo Equilibra Instituto de Capacitação e Especialização
Mestre em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Doutor em Química pela Universidade Estadual do Centro-Oeste

Quando pensamos na palavra nanotecnologia, provavelmente a primeira imagem que temos é de algo bem pequeno, e realmente, estamos falando de uma escala equivalente a 10-9 metro (um bilionésimo de metro). Um tamanho que fica até difícil imaginar suas aplicações no nosso dia a dia, porém, elas existem e são muitas, como por exemplo, nas áreas da engenharia, computação, química, farmacêutica, entre outras.

Mas, e na área farmacêutica? Em que algo tão pequeno pode auxiliar na maneira de identificar, prevenir, tratar ou curar doenças?

Pode auxiliar de diversas formas, como, reduzir a toxicidade de fármacos que atualmente são utilizados para diversos tipos de tratamentos; melhorar a estabilidade e a atividade de moléculas de extratos naturais que são instáveis e incompatíveis com o meio fisiológico do nosso organismo; aumentar o tempo de ação de um fármaco já existente para melhorar a eficácia do tratamento e a adesão do paciente ao mesmo.

Na atual situação que vive o mundo, a pandemia causada pelo vírus SARS-COV-2, popularmente conhecido como “Novo Coronavírus”, que provoca a doença conhecida como COVID-19, muitos estudos estão em andamento utilizando a nanotecnologia tanto no sentido do diagnóstico e da prevenção, por exemplo, na produção de vacinas, EPIs e testes diagnósticos, quanto no tratamento da doença, testando substâncias variadas e avaliando condições farmacológicas e toxicológicas envolvidas nos tratamentos.

Estas são apenas algumas das muitas aplicações da nanotecnologia para melhorar de maneira eficaz o arsenal terapêutico no tratamento de doenças e também nos métodos de prevenção, e com isto, poder proporcionar uma melhor qualidade de vida aos pacientes e a população de um modo geral.

Abaixo, deixo alguns links com trabalhos em desenvolvimento na área. Boa leitura!

Agência FAPESP – Anti-inflamatório

Agência FAPESP – Vacina hepatite B

Fundação CAPES – COVID-19

USP São Carlos – Combate e prevenção COVID-19

UFPR – Vacina COVID-19

UnB – Máscara protetora COVID-19

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR
 
CFW Agência Digital