Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Faculdade Guairacá
Exercício físico e qualidade de vida na terceira idade, por Marcos Martins
Exercício físico e qualidade de vida na terceira idade, por Marcos Martins

Marcos Vinícius Soares Martins
Graduado em Educação Física pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Especialista em Educação Física Escolar pela Faculdade Iguaçu
Especialista em Treinamento Desportivo pela Universidade Gama Filho
Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná

 

O envelhecimento é um processo de alterações fisiológicas que ocorre durante toda a vida, porém, com o avançar da idade o declínio tende a ser cada vez maior. Dentre as alterações podemos ressaltar o declínio nas capacidades físicas e funcionais, comprometendo as atividades de vida diária do idoso, bem como, a sua saúde, o bem-estar e qualidade de vida.

Com o avanço da idade ocorre a diminuição da massa muscular esquelética, sendo esta definida como sarcopenia. Essa perda pode variar de 10 a 20% na força muscular, comprometendo as capacidades físicas funcionais, aumentando o risco de quedas e dependência funcional.

A capacidade funcional pode ser definida como a ausência de dificuldade e dependência na execução de atividades cotidianas no meio em que vive. Com o avanço da idade as pessoas se tornam menos ativas e com isso suas capacidades físicas funcionais diminuem, o que contribui para o surgimento de doenças crônicas que colaboram para que as alterações fisiológicas ocorram de forma mais expressiva.

Estudos apontam a importância da implantação de atividades físicas para idosos com o intuito de promover saúde, bem-estar e qualidade de vida. Os exercícios físicos praticados regularmente podem proporcionar um envelhecimento saudável nos diversos aspectos, entre eles físicos, psicológicos e/ou sociais.

O treinamento funcional é uma modalidade de exercício recomendada para idosos, uma vez que tem como objetivo minimizar o declínio da capacidade funcional do idoso.

Programas de treinamento com utilização da metodologia de treinamento funcional podem ser ajustados de acordo com as necessidades dos seus praticantes. Os exercícios podem ser realizados nos três planos anatômicos. É possível treinar mais que uma capacidade física com apenas um exercício. O treinamento funcional em idosos visa melhorar a capacidade física funcional, podendo promover ao idoso a autonomia e competência para a realização das atividades de vida diária.

Portanto, entendemos que exercícios físicos prescritos adequadamente e realizados regularmente podem contribuir para a atenuação das perdas inerentes ao envelhecimento, possibilitando aos idosos maior independência e autonomia para a realização de suas atividades de vida diária.

Levando em consideração o exposto, a Faculdade Guairacá mantém um projeto de extensão que visa proporcionar a prescrição e acompanhamento de exercícios físicos para idosos da comunidade. O projeto acontece no ginásio da paróquia Santana.

Desde sua criação, o objetivo principal do projeto diz respeito à oferta de atividades físicas voltadas, especificamente, para idosos. Basicamente, a prática regular de atividades físicas tem sido encarada como oportunidade ótima para o usufruto do tempo livre e para vivências de lazer, além de proporcionar melhora da saúde e qualidade de vida dos praticantes. Foi verificado que os idosos que participam do projeto mostraram melhora das capacidades físicas e funcionais, assim como também da qualidade de vida.

Assim, com o desenvolvimento do projeto e os resultados observados nas avaliações, podemos afirmar que a prática regular de exercício físico tem sido efetiva em proporcionar manutenção e melhora da capacidade funcional dos idosos, bem como, melhora da qualidade de vida.

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR