Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Faculdade Guairacá
Dia da Mulher: data para lembrar da luta por direitos, por Daiane Grando
Dia da Mulher: data para lembrar da luta por direitos, por Daiane Grando

Daiane Grando
Graduada em Educação Física Licenciatura pela Faculdade Guairacá
MBA em Gestão do Conhecimento na Educação Superior pela Faculdade Guairacá
Especialista em Educação Especial: Atendimento às Necessidades Especiais pelas Faculdades Integradas do Vale do Ivaí
Especialista em Educação Física Escolar pela Faculdade Guairacá
Especialista em Treinamento Desportivo e Personalizado pela Faculdade Guairacá
Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa
Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa

 

As mulheres já foram excluídas de lugares públicos, de assembleias, do mercado de trabalho, das práticas esportivas. Já foram silenciadas, diminuídas, negadas e julgadas como vulneráveis.  As representações sobre o feminino são construídas de acordo com a estrutura social, cada período histórico, cada cultura, e apresentam diferentes perspectivas sobre o que é ser mulher e o papel que estas exercem socialmente.

O corpo feminino foi e é julgado a partir de suas formas e comportamentos, delas se espera que sejam “femininas”, isto é, simpáticas, sorridentes, atenciosas e discretas. Elas se veem obrigadas a experimentar diariamente a distância entre o corpo ideal e o corpo real, são avaliadas a partir da roupa, da aparência e da beleza (BOURDIEU, 2002).

São inúmeras as conquistas em relação à emancipação da mulher, inserção no mercado de trabalho, conquista de direito ao voto, o direito ao esporte, ao lazer, sua representatividade no âmbito acadêmico, na ciência e em profissões ditas masculinas. Ainda hoje temos muito para avançar, precisamos ocupar cargos de representatividade, ter igualdade salarial e principalmente estarmos vivas (os índices de violência contra a mulher aumentaram no Brasil).

O empoderamento feminino tem por objetivo modificar questões que ainda colocam a mulher em desvantagem. Ainda evidencia a importância da conquista de autonomia e libertação de opressões de gênero. É preciso questionar, desestabilizar, mulheres empoderadas são mulheres que lutam por seus direitos.

“Seguiremos em marcha até que todas sejamos livres!”

 

REFERÊNCIAS

BOURDIEU, P. A dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR