Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Faculdade Guairacá
Coronavírus x câncer, por Denise Dambroski
Coronavírus x câncer, por Denise Dambroski

Denise Lopes Dambroski
Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Especialista em MBA Gestão Hospitalar pelo Centro Universitário Internacional
Especialista em Qualidade e Segurança no Cuidado ao Paciente pelo Hospital Sírio-Libanês
Especialista em Oncologia pela Faculdade de Tecnologia Ibrate

 

A pandemia relacionada ao Coronavírus (Covid-19) tem deixado a população mundial em alerta nesses últimos meses. Motivo de grande preocupação devido a rápida disseminação da infecção e gravidade observada em vários casos, especialmente em grupos vulneráveis pela idade avançada e pela pré-existência de outras comorbidades. Nesse contexto, uma condição que predispõe a maior gravidade da infecção, é o câncer.

É possível que todos nós tenhamos algum familiar, amigo, vizinho, ou alguém de nosso convívio social que seja portador de um tipo de câncer. Visto que, segundo as estimativas do INCA é que em 2020 tenhamos 625 mil casos novos de câncer no Brasil. Diante disso, o que é importante sabermos sobre a relação entre a infecção pelo Covid-19 e o câncer? Como podemos ajudar essas pessoas diante do caos que estamos vivendo?

Estudos realizados a partir da experiência chinesa demonstraram que pacientes com câncer são mais suscetíveis a infecção com o Covid-19. O risco aumentado está relacionado ao efeito imunossupressor de alguns tratamentos, como a quimioterapia, a própria doença, ou a condição debilitada em fase de recuperação de uma cirurgia. Muitas vezes, evoluindo para quadros mais graves, necessitando de internamento e com impactos negativos sobre o tratamento oncológico.

As três principais recomendações para esses pacientes, relacionadas a seu tratamento, são: adiar quimioterapia adjuvante e cirurgias eletivas de pacientes estáveis; utilizar medidas mais fortes de proteção; vigilância e tratamento mais intensivo.  Mas, aos pacientes, atenção! Converse com seu médico e equipe de saúde antes de qualquer decisão.

Além destas, devemos considerar as seguintes orientações de cuidados que podemos contribuir para prevenir os casos de Coronavírus em pacientes oncológicos. Veja como todos podemos ajudar, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e diretrizes internacionais.

  • Evitar contato físico como beijos e abraços;
  • Evitar contato com qualquer pessoa com sintomas gripais ou que seja um caso suspeito de Coronavírus;
  • Evitar contato com pessoas que estejam chegando do exterior, São Paulo, Rio de Janeiro, com ou sem sintomas;
  • Evitar ambientes fechados e principalmente aglomerações;
  • Manter a higiene das mãos, lavando com água e sabão por 40-60 segundos ou álcool 70% por 20-30 segundos, diversas vezes ao dia. Nunca utilize luvas para substituir a higienização das mãos;
  • Cobrir com antebraço o nariz e a boca ao tossir ou espirrar;
  • Não sair de casa, peça a alguém para ir ao mercado e fazer as atividades essenciais em locais públicos.
  • Ao ir até hospitais e outras unidades de saúde, apenas leve acompanhante se for realmente necessário, sendo que esta pessoa não pode ter sintomas gripais;
  • Tratamentos paralelos, como uso de vitamina C, não são recomendados para prevenção do Coronavírus;
  • O uso de máscaras cirúrgicas é recomendado apenas para os portadores de sintomas gripais. Nunca utilize máscaras de tecido, elas não protegem contra o Coronavírus;

 

Vamos contribuir para tornar esse momento menos difícil, a nossa expectativa é superar esse desafio!

Lembre-se, se você é paciente oncológico, familiar ou amigo, antes de tomar qualquer decisão, converse com a equipe de saúde que cuida de você. Estamos unidos nessa causa contra o Coronavírus!

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR