Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Faculdade Guairacá
Benefícios e usos da drenagem linfática, por Mariane Vieira de Lima
Benefícios e usos da drenagem linfática, por Mariane Vieira de Lima

Mariane M. S. Vieira de Lima
Graduada em Fisioterapia pela Faculdade Guairacá
Especialista em Fisioterapia Dermato-funcional pela Faculdade Guairacá
Especialista em Saúde Pública pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Mestranda em Nanociências e Biociências pela Universidade Estadual do Centro-Oeste

 

Os cuidados com o corpo, beleza e bem-estar vêm apresentando uma alta procura. Mesmo em tempos de crise, as estatísticas mostram que o brasileiro não abriu mão dos cuidados estéticos. Segundo o Euromonitor Internacional, o Brasil ocupa a 3ª posição no ranking mundial no setor de beleza, atrás somente do Japão e dos Estados Unidos.

Com isso, pode ser notado que a área da estética preenche com seus tratamentos oferecidos grande gama a ser abordada pelo setor de beleza. Um dos recursos ofertados é a técnica de drenagem linfática, podendo ser de forma manual e mecânica.

A Drenagem Linfática Manual (DLM) é um método de massagem que foi desenvolvida pelo médico dinamarquês Emil Vodder em 1936. Ela tem como efeitos fisiológicos: na influência direta no aumento da oxigenação tecidual, ajuda na eliminação de toxinas e metabólitos, aumenta a eliminação de líquidos, isso é possível por ela ser uma técnica que promove diferenciações de pressões para que ocorra o deslocamento da linfa para o sistema sanguíneo.

Com isso, a redução de edemas e linfedemas (que surgem em situações pós-traumáticas, pós-operatórias, de distúrbios circulatórios venosos e linfáticos de diversas naturezas, dentre outras) e a prevenção ou melhoria de algumas de suas consequências pode ser evidenciados. Para que ela desempenhe seus benefícios necessita que seja composta por manobras lentas, leves, rítmicas, seguindo o percurso do sistema linfático. Esta técnica, por sua vez, é distinta de outras técnicas de massagens, pois a drenagem linfática não causa dor, eritema e hematomas. Pressões excessivas são capazes de lesar os capilares linfáticos, que são muito frágeis.

Já com a Drenagem Linfática Mecânica utiliza a tecnologia de aparelhos com os mesmos objetivos da manual. Ela não é uma técnica invasiva, pois os aparelhos a serem utilizados se baseiam por meio de sucção, rolamento e pressoterapia, apresentando o objetivo na redução do edema. Ela manifesta-se atingindo camadas mais profundas da pele.

As indicações partem para: celulite e da gordura localizada, estimulando o sistema imunológico, promovendo relaxamento muscular, melhora da qualidade do sono, além de combater a retenção de líquidos, ajudando a remodelar e definir a silhueta, facilitando a circulação sanguínea, prevenindo edemas e eliminando toxinas, tratamento pré e pós-cirurgia plástica e lipoaspiração, edema gestacional.

Para as contraindicações percebe-se que não é recomendada para grávidas que tenham hipertensão não controlada, insuficiência renal, trombose venosa profunda ou qualquer doença relacionada ao sistema linfático, estado febril, inflamações e infecções agudas, insuficiência cardíaca congestiva, ou alguma contraindicação médica.

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR