Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Faculdade Guairacá
O inverno chegou. Como cuidar das nossas crianças? por Paula Regina Jensen
O inverno chegou. Como cuidar das nossas crianças? por Paula Regina Jensen

Paula Regina Jensen
Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Especialista em Saúde Pública pela Unopar
Especialista em Vigilância Sanitária pela Uninter
Especialista em Saúde, Educação e Cultura Indígena, pelo Instituto Inova

 

Com a chegada do inverno, é bastante comum as infecções respiratórias nas crianças, entre elas, a gripe e as pneumonias.

Os bebês menores de dois anos são os que mais sofrem com os problemas respiratórios, por conta da sua baixa imunidade. Uma febre alta, de um simples resfriado, se não cuidada adequadamente pode evoluir para uma doença mais grave, como a pneumonia.

O importante é manter a carteira de vacinação em dia. Existem muitas notícias falsas em relação à vacinação da gripe. Entretanto, os pais devem ter consciência de que a vacina é a melhor forma de prevenir doenças graves nos seus filhos. Em caso de dúvidas, as equipes das unidades básicas podem esclarecer sobre o assunto, a fim de manter a saúde dos pequenos livre de complicações.

Além da vacinação, podemos destacar os cuidados em casa, como manter os ambientes bem arejados, evitar ambientes com muita circulação de pessoas, principalmente se a criança ainda não está com o calendário vacinal completo. Os ambientes em que há fumaça devem ser evitados, pois causam irritação nas vias aéreas das crianças, desencadeando tosse e, em alguns casos, até chiado no peito.

Outro cuidado importante é manter a criança com as narinas desobstruídas. O uso de soro fisiológico é indicado para realizar a limpeza, e assim, manter a criança gripada respirando melhor. Oferecer líquidos para a criança, como chás ou água, é uma boa opção para manter a hidratação e ajudar na fluidificação das secreções dos pulmões, lembrando sempre que em bebês que amamentam no peito exclusivamente não podemos dar outro tipo de alimento ou líquidos, somente após os seis meses de idade. Neste caso, somente o leite materno, além de conter todos os nutrientes, vai manter a criança bem hidratada.

Mas e se a criança estiver gripada, com tosse e coriza, levo para a escola? O ideal é manter em casa, se possível, até que a criança se restabeleça, pois o resfriado pode ser agravado com infecções mais graves. Vale lembrar que a convivência escolar também propicia outras infecções pelo contato direto entre as crianças.

A prevenção é a melhor tática para manter a saúde dos pequenos. Uma boa alimentação, ingestão de líquidos, frutas e verduras e também a amamentação exclusiva ajuda a aumentar a imunidade e evitar infecções respiratórias mais graves.

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR