Webmail
Atendimento: (42) 3622-2000
Facebook Faculdade Guairacá
Instagram Faculdade Guairacá
Youtube Faculdade Guairacá
Twitter Faculdade Guairacá
Linkedin UniGuairacá
Faculdade Guairacá
Dicas para perder o medo na hora da apresentação de trabalhos, por Cristiane Pawlowski
Dicas para perder o medo na hora da apresentação de trabalhos, por Cristiane Pawlowski

Cristiane Pawlowski
Graduada em Matemática pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Graduada em Letras Literatura pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Especialista em Literatura e Contemporaneidade pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Mestre em Letras pela Universidade Estadual do Centro-Oeste

 

Quem nunca sentiu aquele friozinho na barriga antes de apresentar um trabalho na faculdade?

A apresentação oral de trabalhos é uma atividade que faz parte da vida acadêmica, está presente na discussão de textos, nas exposições de ideias em debates, nos relatos de experiências e práticas realizadas pelo aluno, em seminários, na participação de congressos e simpósios e na tão temida defesa do TCC.

Para alguns estudantes, expressar-se oralmente pode ser um verdadeiro monstro que desperta medo, tensão, pânico. O que fazer para superar essa aversão?

Não existe uma receita perfeita que garanta o sucesso, mas há algumas dicas simples que podem ajudar a aliviar o nervosismo e a ter maior segurança no momento da apresentação.

O primeiro passo é conhecer muito bem o assunto sobre o qual irá falar. Isso depende de estudo. Portanto, tudo começa com uma boa pesquisa. Aprofunde seu conhecimento sobre o tema, busque informações e referências atualizadas.  É possível fazer esquemas e resumos para o seu estudo, mas, para a apresentação, evite usar folhas como apoio, prefira os slides.

Prepare antecipadamente os slides, revise-os.  Lembre-se de que são um roteiro que você seguirá para expor suas ideias. Se forem bem elaborados, contribuirão para aumentar sua segurança na hora da apresentação. Porém, de forma alguma você deve prender-se apenas à leitura dos textos projetados.

Não tente imitar ninguém, pois isso o deixará ainda mais inseguro. Você não precisa usar vocabulário extremamente rebuscado, mas deve observar o uso da linguagem formal. Evite gírias, valorize o “s” dos plurais e a conjugação correta dos verbos.

Não conte com a hipótese de que “na hora sai”. Para que as dicas anteriores sejam bem aproveitadas, é preciso treino. Informe-se antecipadamente sobre o tempo que terá disponível e ensaie sua apresentação, mesmo que seja para um público imaginário.

Por fim, respire com calma, concentre-se e confie em seu preparo.

Rua XV de Novembro, 7050 - Centro | 85010-000 | Guarapuava-PR
 
CFW Agência Digital